19/12/06

VII bienal de cerâmica artística de aveiro 2005


"a caminho do andrógino" de marisa alves

16/12/06

cartaz da exposição "movimento"em portugal 2006/7


cartaz de lenn rosenkranz(elemento do grupo outro)

marisa alves e joaquim pombal são membros fundadores do grupo d'artes 10+ e do grupo internacional outro - formado na escola libre de sargadelos - 2005
"movimento"inicia a sua itenerância no auditóro de vilalba-lugo em dezembro 2005 e segue para marratxí - maiorca em agosto 2006
depois vem a portugal a convite do grupo d'artes 10+, e os dois grupos juntos trabalham o mesmo tema, na biblioteca de s.m. da feira em setembro 2006 e em dezembro de 2007 em aveiro durante a bienal de cerâmica artística.

o projecto "movimento" inclui um espectáculo de inauguração das exposições que realiza.

Espectáculo do projecto Movimento

O espectáculo tem como conceito base o movimento, e desenvolve-o a partir dos 5 elementos da Terra [Terra, Água, Fogo, Ar, Éter], relacionando-os com os cinco sentidos do Homem. A proposta é criar um espectáculo, com base em dança, arte circense, coreografia de yôga e música/ percussão, complementada com luzes e projecção multimédia.

Os cinco elementos básicos aparecem sempre combinados de forma inseparável na natureza. Variam apenas na sua proporção relativa, para conferir as diferentes características de cada substância, o que permite classificá-la de acordo com o elemento mais predominante na sua estrutura.

+ fotos em:
http://picasaweb.google.pt/centoecatorze/EspetaculoDeInauguraOMovimento2006Portugal

"movimento" em maiorca




joaquim pombal -titulo: 25-04-1974

"movimento" em portugal 2006



+fotos:
http://picasaweb.google.pt/centoecatorze/Movimento2006EmBibliotecaSMFeiraPortugal

15/12/06

MOVIMENTO - DEZ + OUTRO


alguns dos participantes na exposição internacional "movimento" na biblioteca se stª maria da feira 2006
grupos (dez + / outro) e elementos de arte circense, multimédia e músicos, do espectáculo de inauguração.

MOVIMENTO - DEZ + OUTRO

O projecto, intitulado MOVIMENTO, juntou os DEZ MAIS com um outro grupo constituído por artistas de diferentes países - o grupo OUTRO - e juntos inauguraram a primeira exposição em 30 de Setembro de 2006, na Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira.

A exposição que os DEZ+OUTRO apresentam na actual temporada de 2006/2007, tem na sua génese uma investigação plástica e conceptual sobre o tema do MOVIMENTO, entendendo-o tanto como mudança, como também recuperando o antigo sentido grego de mutação, transformação de qualquer forma ou conceito, intrínseca ou extrínseca à própria natureza do objecto da mudança.

Este colectivo de criadores, que inclui artistas nacionais e internacionais, exprime-se em diferentes áreas, como a pintura, escultura, fotografia, cerâmica, serigrafia, multimédia, dado que os participantes consideram enriquecedor o facto de que coexistam diferentes dimensões expressivas, o que em si só demonstra as diferentes perspectivas, personalidades e culturas que se podem encontrar no ser humano. Estas múltiplas possibilidades de expressão tornam mais fácil a compreensão da diferença e dos vários aspectos da vida.

A escolha do tema resultou de uma reflexão conjunta para que pudesse haver um processo criativo dando coerência às distintas técnicas, estilos e perspectivas dentro da trajectória pessoal de cada participante que estivesse de acordo com o carácter colectivo da exposição. O conceito do Movimento é suficiente amplo para permitir diferentes interpretações e múltiplos sentidos, sem perder o seu objectivo comum, quer o interesse esteja no interior do ser humano ou na sua envolvente física, social ou cultural, dado que este conceito permite uma grande liberdade de investigação e expressão.

No projecto MOVIMENTO foram criados laboratórios nas área de cerâmica, azulejaria, pintura, escultura e yôga, abertos à participação de jovens dos Primeiro, Segundo e Terceiro Ciclos e respectivos professores. Esta iniciativa criou uma dinâmica entre a exposição e os diferentes ateliers e permitiu aos jovens um contacto directo com os processos de criação e com as obras de artistas nacionais e estrangeiros. Dado o grande sucesso e receptividade da iniciativa, o grupo propõem-se manter estes laboratórios no futuro, divulgando-os junto das entidades interessadas.

O motor de todo este MOVIMENTO é a

arte em todas as suas dimensões e estilos, a arte contemporânea de diferentes culturas. O facto de que pessoas de lugares tão distintos de diferentes países possam participar em conjunto é extremamente enriquecedor, tanto para os próprios artistas como para o público destinatário desta apresentação. Estas são coordenadas multiculturais para um projecto colectivo que têm como grande impulso a evolução dentro de um processo criativo, o respeito mútuo e o amor pela criação artística, heterogénea e autónom

a, sem limites de conceitos, sem estatutos, pondo em sintonia diferentes áreas artísticas.

A UNIÃO num mundo em MOVIMENTO.


varios elementos dos grupos encontram-se com luiz soutomayor, um dos patrocinadores da eposição

espaço centoecatorze - sede dos dez +


grupo d'artes dez +

A IDEIA surge quando um grupo heterogéneo e autónomo de DEZ criadores de diferentes áreas artísticas se encontram em sintonia e unem esforços para divulgarem o seu trabalho com independência, utilizando todo o tipo de espaços, mesmo os menos convencionais.

Porque a arte pode estar em todo o lado e faz parte de uma consciência global, os DEZ decidem iniciar um movimento aberto ao mundo dos seres e das ideias, intitulam-se os DEZ MAIS, com a vontade e a esperança de no futuro se multiplicarem em MAIS pessoas e MAIS áreas de criação.

Sem limites de conceitos, estatutos, técnicas convencionais ou outras imposições, os DEZ MAIS defendem a individualidade e a autonomia numa perspectiva de interacção enriquecedora do indivíduo com o grupo e deste com a Civilização e a Natureza que tudo envolve.

Os DEZ MAIS surgem em 2005 com a intenção de criar um tema por ano e levá-lo a expor por vários espaços em Portugal e no estrangeiro. A cada novo projecto são convidados novos elementos de diferentes áreas da criatividade a participarem, os quais se poderão tornar de futuro membros do próprio grupo. Paralelamente são estabelecidas parcerias com outros grupos nacionais ou estrangeiros para projectos específicos a desenvolver em conjunto.

Os DEZ MAIS têm por princípio o convite a artistas e criadores de várias áreas do espectáculo para a realização de apresentações de música, dança ou arte circense, entre outras, que acompanham as exposições, um desafio que se revela muito interessante para todos, dada a possibilidade de desenvolver um trabalho em conjunto à volta de um tema e da estrutura definida para um projecto concreto.

14/12/06

1ª reunião do grupo internacional "outro"



formado inicialmente por 41 elementos - alemanha, argentina, estados unidos, israel, itália, portugal e de várias regiões de espanha. durante os encontros estivais de cerâmica da escola livre do seminário de sargadelos 2005 - galiza


08/11/06

un pont de mar - convite

integrado no II encontro intercultural de cerâmica 2006, organizado anualmente pelo centoecatorze, teve início a exposição Un Pont de Mar , com o objectivo de se tornar itinerante em Portugal e na Catalunha. Dos ceramistas Carlets, Josep Matés, Joaquim Pombal e Marisa Alves, que se conhecem na Escola de Cerâmica de La Bisbal na Catalunha. A partir desse momento e tendo sempre a cerâmica como elemento catalisador, foi surgindo uma forte amizade e a partir dela um conhecimento mútuo das suas culturas e sentimentos, sempre com inquietações comuns: o enriquecimento das suas mentes e espírito.

"Un pont de mar" surge da ideia de ligação entre várias formas de entender a cerâmica contemporânea, resultando numa instalação poética e actual.

esta exposição não deixa de ser um pretexto para se aproximarem e se descobrirem um pouco mais, através desta linguagem comum, a linguagem da terra e do fogo.

+ FOTOS
http://picasaweb.google.com/centoecatorze/CarletsJoaquimPombalJosepMatSMarisaAlvesNoCentoecatorzeECratPorto2006

07/11/06

na galeria do centoecatorze


Exposição "un pont de mar" na galeria do centoecatorze (14 de Abril a 31 de maio de 2006)

joaquim pombal, carlets, marisa alves e josep matés



costrução da 2ª peça em portugal-exposição "un pont de mar"2006
Posted by Picasa

construindo a 1ª peça conjunta na catalunha para a exposição "un pont de mar"2005
Posted by Picasa

06/11/06


exposição no centoecatorze 2006- un pont de mar
joaquim pombal/marisa alves
oxidos e fumo sobre barro engobado

05/11/06


"um pont de mar" - Crat no Porto 2005/06

04/11/06


"un pont de mar" na galeria centoecatorze 2006
joaquim pombal/marisa alves

03/11/06

II encontro intercultural de cerâmica 2006 no centoecatorze










o forno aquece e os ceramistas levitam






o descanso durante o encontro intercultural 2006

land art -.lavandeira 2007


1ª visita ao parque da Lavandeira, inserido nos parques públicos de Gaia, feita por os artistas convidados.
Nesta iniciativa de arte na paisagem, joaquim pombal e marisa alves, em conjunto com carlets e josep matés, vão construir no parque da Lavandeira uma escultura cerâmica de 3,5 metros.
A peça é cozida a lenha no local e será aberto o forno quando este atingir sensivelmente os 1000 graus, e assim se poderá visualizar o espectáculo de fogo ao aparecer uma peça destas dimensões incandescente.
Depois desta performance de fogo terminar, a escultura resultante ficará permanente no parque servindo de ninho para aves cavernículas.

02/11/06


2ª visita ao parque da lavandeira de artistas convidados (land art lavandeira 2007)
o colectivo(carlets,joaquim,josef e marisa), nesta visita define o local a colocar a instalação de fogo

Preparação do III encontro intercultural 2007







feitura das peças no espaço centoecatorze para posterior utilização no parque da lavandeira

03/08/06

arte na paisagem em la bisbal de empordá 2002




"padma"escultura em terra e cimento e ferro de joaquim pombal